Nossa Senhora das Graças

Foto e Grafia: Adriane Garcia  |

Intrigam-me as imagens dos santos. Desde cedo, fui acostumada com elas, por causa de minha avó preta, católica. Mas nunca deixaram de me causar espanto. Primeiro espanto veio do medo, depois do respeito e, mais tarde, da profunda humanidade que encontrei nelas. Já não estava mais, como criança, carregada de fé; agora era ciência. Queria interpretar na iconografia aquilo que somos, queria encontrar o motor de olhos tão piedosos e estava tudo lá. Chagas abertas, enforcamentos, carne açoitada, esfaqueamentos, humilhação, traições, guerras, fome, maternidade, espada e aura. Passei a reparar que nas imagens dos santos, o artista desenha o reconhecimento de toda a nossa miséria. O santo é aquele que, sem pecado, pois a imaginação o constrói para ser melhor do que nós, pode nos lançar um olhar da consolação que não há. E nós só nos tornamos santos no átimo de segundo em que nos consolamos. No resto do tempo, perdemos esta pureza de mármore, voltamos a ser humanos.

Em 2014, estive em Roma, entrei na igreja Santa Maria degli Angeli e dei Martiri e fotografei esta imagem de Nossa Senhora das Graças. Ela tem a pureza das mães quando estão amando os seus filhos, pois não é verdade que as mães sempre amam seus filhos, nem mesmo que os amam o tempo todo. Somente as mães de mármore poderiam fazê-lo. Debaixo de seus pés está simbolicamente colocado o nosso inimigo mais iminente. Este o desenho do nosso desejo de proteção. Guardo-a com carinho, talvez seja a imagem que mais me interesse de toda a viagem que fiz. Ela me faz dar um salto no tempo. Ela me leva à identidade que é. Ela, não por acaso se chama Graça, o nome de minha mãe.

.

fotosantaadrianegarcia

Foto por Adriane Garcia

 

Adriane Garcia, escritora. Tem publicados Fábulas para adulto perder o Sono (Prêmio Paraná de Literatura 2013, editora Biblioteca do Paraná, 2013), O nome do mundo (Armazém da Cultura, 2014), Só, com peixes (Confraria do Vento, 2015). Colabora no Escritoras Suicidas e em vários veículos de internet.

Deixe sua avaliação:
- Avaliações: 13 - Média: 4.5

2 comentários Adicione o seu

  1. Adriane Garcia disse:

    Ahhh tá lindeza esse seu projeto, hein? Obrigada, querido. Uma alegria participar.

    1. T. K. Pereira disse:

      Alegria mesmo é poder contar com seu talento por aqui, Adriane. 😉

      Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*